5 Outubro 2017 - “Fille Dans Le Vent” | Liliana Garcia – Circo Contemporâneo

21:30 – Solidaried’arte

VER MAPAS  
 

Todos os dias diferentes, que por vezes me parecem os mesmos, em lugares diferentes, que me parecem idênticos. Quero que me levem aquilo que não me pertence, e se for o meu corpo, então levem-no. Eu fico aqui, ao vento.
Fille dans le vent é um solo que viaja sobre a psicologia das cores, e a forma como podemos ser influenciados pela cor. Cor é luz, que viaja em formato de ondas através do sol, e quando a luz atinge o olho humano, os comprimentos de onda fazem-no de diversas maneiras, influenciando as nossas perceções. Na retina, eles são convertidos em impulsos elétricos que passa para o hipotálamo, a parte do cérebro que regula as nossas hormonas e nosso sistema endócrino. Embora nós não tenhamos consciência deste fato, os nossos olhos e corpos estão constantemente em adaptação a estes comprimentos de onda de luz.
Esta performance viaja entre a terra e o ar, conectando as técnicas circenses à dança, a acrobacia aérea às emoções, o vídeo à mente, o corpo à alma.

LILIANA GARCIA
Inicia os seus estudos na dança através do Hip hop, alcançando diversos prémios nas mais variadas competições. Ingressa na Escola Superior de Dança em 2007 terminando a licenciatura em 2016.Durante os 8 anos em que interrompeu os estudos foi interprete convidada no projeto Feinprobe Honigsüss – The oversweet Experience, The movement of our roots, em Lutherstadt Wittenberg, Alemanha (2008/2009/2010). Integra o elenco da Companhia Olga Roriz, na peça “A Sagração da Primavera”, 2009 . Assistente de direção e Interprete da Peça “ Apesar de..” de Ximene Barbosa, Produzida por Schmetterling Companhia de Dança Aérea, 2010 . Intérprete nas peças “Fuga sem fim..” e “ A Ballet Story” de Victor Hugo Pontes, “Cult”,”Fragments” e “ Under a Rock” de Hofesh Shechter (Companhia Instável, 2012) , “Azul Infinito” de Thora Jorge (Teatro Tempo ,2012). Criadora da peça Vanilla?…Not!” em parceria com André Araújo, apresentada no contexto do ciclo dos Palcos Instáveis em 2013, Teatro do Campo Alegre. Intérprete na criação de Tiago Rodrigues, “Assim tipo..Dança Contemporânea” ,2013. Intérprete aérealista nos espetáculos de circo contemporâneo “Estratos” dirigido por Nuno Preto para o Prémio Nacional de Industrias Criativas (2014), “Perto do Chão” da Cia Erva Daninha para o projeto Locomotiva (Porto Lazer, 2015) e na 13º Criação da Companhia Erva Daninha “Nozes a quem não tem dentes”, dirigido por Vasco Gomes (TCA, Porto
2015). Vencedora do programa televisivo “Achas que sabes dançar?”, 2015. Em 2016 apresenta dois solos de circo contemporâneo “Femme Fatale” e “Fille dans le vent”. Actualmente frequenta o Mestrado de Criação Artística Contemporânea, Universidade de Aveiro.

 

Ficha artística
Criação e Interpretação | Liliana Garcia
Música| Edição musical / Sonoplastia | Kosta T -Frustation e Red in Black | Brandy & amp; Wine – Floating by
Video | Ivo Ribeiro
Figurinos | Liliana Garcia
Apoio à criação | Vasco Gomes
Apoio à produção | Erva Daninha

Bilhetes à venda na Academia das Expressões
e no local do espetáculo.
Lotação limitada
Preço do bilhete: 3€
Classificação etária | M/6
Duração | 30m
Obrigatório aquisição de pulseira geral e inscrição prévia.
Pulseira geral 35€
(dá acesso a frequentar todas as aulas, excepto dança criativa, e baile de encerramento).

Valor da aula de dança criativa – 3€ 
À venda na Academia das Expressões a partir de 25 de Setembro.

Duração | 1h15m