6 Outubro 2017 - Salão de São José

AULAS:

19:30 – Danças de Salão – Dário Pacheco (01h15)
21:30 – Danças do mundo – Luís Moura (01h15)
 
VER MAPAS  
 
DANÇAS DE SALÃO – DÁRIO PACHECO
Danças de salão Latinas, 5 aulas, 5 ritmos, Chá-chá-chá, Samba, Jive, Salsa e Pasodoble. Aprender os passos elementares destes 5 ritmos latinos, culminando em 5 coreografias após o workshop. Para estas aulas em modalidade de workshop não será necessário par para participar, esquemas de grupo e a par conforme o grupo.

DÁRIO PACHECO
Torres Vedras, 1987, licenciado pela Escola Superior de Dança de Lisboa em 2010, tem desenvolvido o seu trabalho enquanto professor, coreógrafo, intérprete e Videasta. Desde 2007, desenvolve trabalho com outros artistas de dança, teatro, vídeo e cinema: Aldara Bizarro (“Jungle”), Bruno Rodrigues (“Time About Time”), Guillermo Weickert (“Corpo Emprestado”), João Botelho (“A Corte do Norte”), John Romão (“Uma Etiqueta de Dor”), José Gonçalves (Colectivo F5), Raúl Ruiz (“Mistérios de Lisboa”), Sara Barros (“Seven”), Teresa Ranieri (“This way”), Willi Dorner (“Bodies in Urban Spaces”), Daniel Cardoso (“Grey Gardens”), Elson Marlon Ferreira (“R/C esq. APE”), Margarida Belo Costa (“fall out”), on ragul º1 o 2002 me uohnaG
.sortuo ertne ,)”srecnaD”( avliS ad oinótnAranking em danças latinas pela Federação de dança desportiva Portuguesa, a Melhor Curta metragem Portuguesa em 2013 pelo Queer Lx e o seu trabalho de videasta já foi reconhecido a nível internacional, tendo sido apresentado em Portugal, Áustria, Turquia, Chile, Argentina, França, Itália, USA, UK e Brasil.

DANÇAS DO MUNDO – LUÍS MOURA
As danças do mundo são formas de expressão cultural dos povos das mais diversas regiões onde o ser humano criou costumes. Estas danças de raiz popular, foram sendo partilhadas ao longo da história, através dos fluxos migratórios, pelo que hoje dançamos na Europa tangos argentinos, salsas cubanas ou kizombas africanas, a par com as valsas polacas, as bourrés francesas, as tarantelas italianas, as rumbas espanholas ou os viras e malhões portugueses.
É esta viagem cultural que se propõe numa oficina de danças do mundo.
Com incidência particular nas danças tradicionais europeias e com nota de destaque para as portuguesas, tentaremos viajar ao ritmo do “folk”, entre danças sociais, de grupo e a par.

LUÍS MOURA
Nascido em 1971, em Amarante, integrou o Rancho Folclórico da sua aldeia (Lomba) durante a sua infância e adolescência, onde inicia a sua formação nas danças tradicionais da Região (Entre Douro e Minho).
A partir de 1993, em Lisboa, frequenta formação em diversos estilos de dança, nomeadamente, latinas e sevilhanas (na discoteca “Salsa Latina”), africanas (no espaço “B.Leza”) e tango argentino (na escola “Pé de Dança”). Em 1998, tem contacto, pela primeira vez, com o festival “Andanças” (em São Pedro do Sul), como “participante” e nos anos seguintes como “voluntário”, passando a fazer parte da “organização” deste festival, entre os anos de 2000 e 2003, enquanto membro da Direção da associação “PédeXumbo” (Évora). Em 2001, participa como “monitor de danças” (tradicionais portuguesas) no “Grand Bal de l’Europe”, em Gennetines (França), o que repete nos anos de 2002 e 2004. Em 2003, participa no “Forum Social Mundial”, em Porto Alegre (Brasil), onde, em representação da Ass. “PédeXumbo”, dinamiza uma “oficina de danças do mundo”. Entre 2007 e 2009 dinamiza mensalmente, no espaço “Arco8”, em Ponta Delgada (Açores) aulas e bailes de “danças do Mundo” e participa nas edições desses anos do festival “Green trippin” (Sete Cidades – Ponta Delgada), onde dinamiza igualmente “oficinas de danças do mundo”. Em 2009 coordena um coletivo de associações que organizaram nesse ano, no Jardim António Borges (em Ponta Delgada), a primeira edição do “Dançarilhas”, um festival de danças do mundo. Em 2010, radica-se em Braga e começa a explorar as tradições minhotas, percorrendo as mais emblemáticas “Romarias” da região, entre elas, as “Feiras”.

 

Obrigatório aquisição de pulseira geral e inscrição prévia.
Pulseira geral 35€
(dá acesso a frequentar todas as aulas e o baile de encerramento).
À venda na Academia das Expressões a partir de 25 de Setembro.

 

Só inscrição sem pulseira não dá acesso às aulas.
A aquisição de pulseira sem inscrição fica limitada ao numero de vagas disponíveis na hora da aula.
As aulas apresentam um regulamento interno

 
Obrigatório aquisição de pulseira geral e inscrição prévia.
Pulseira geral 35€
(dá acesso a frequentar todas as aulas, excepto dança criativa, e baile de encerramento).
Valor da aula de dança criativa – 3€
À venda na Academia das Expressões a partir de 25 de Setembro.
Duração | 1h15m